para encerrar as inscrições do Prêmio IPL- Retratos da Leitura 2019

PROJETO

Status atual: Publicado

Cadastro: (1810-0409-0679)

Projeto: TRILHAS LITERÁRIAS

Organização responsável: Instituto de Arte Tear

Categoria da organização: ONGs (organização não governamental)
Natureza do projeto: Formação de mediadores ou agentes de leitura, Promoção do acesso ao livro (feiras, blogs, sites etc), Criação / aperfeiçoamento de espaços da leitura/bibliotecas
Cadastrado em: 10/18
Atualizado em: 04/10/2018





TRILHAS LITERÁRIAS é um programa de fomento ao livro e à leitura, desenvolvido pelo Tear desde 2015, que visa a ampliação do acesso ao livro literário e do número de leitores pela formação de professores e agentes de leitura como leitores e mediadores de leitura. (Ler mais em http://bit.ly/2BU01jL)


Trilhas Literárias se caracteriza por potencializar práticas leitoras e de mediação de leitura, tanto no âmbito da educação quanto da cultura, entendendo a leitura como prática e direito social fundamentais à formação de pessoas plenas e conscientes. (Ler mais em http://bit.ly/2BU01jL)


Contribuir à democratização e ampliação do acesso ao livro literário a crianças e jovens de nossas cidades, focalizando a leitura como importante acesso ao conhecimento, à cultura e cidadania. (Ler mais em http://bit.ly/2BU01jL)


Mesmo com avanços de políticas públicas de promoção de leitura, o Brasil está longe de ser tornar um país leitor. Um dos pontos cruciais é a própria formação leitora dos educadores. (Ler mais em http://bit.ly/2BU01jL)


Principais inspirações ou referências teóricas e práticas



Uma das maiores dificuldades recai nas concepções que imperam nos ambientes escolares sobre as salas de leitura, comumente utilizadas como espaço de reforço escolar ou local de armazenamento de livros. Ainda que em muitas delas, o acervo seja diverso, de boa qualidade, não há sequer apropriação e valorização do que se tem. Falta de conhecimento, catalogação e organização do acervo tornam as salas de leitura destituídas de sentidos de encontro livro/leitor.


Para contribuir nesta mudança de paradigma, as formações, além do rico repertório de práticas leitoras vivenciado, aspectos sobre a importância do espaço de leitura como espaço mediador, acessível, e orientações de como torná-lo vivo em possibilidades são enfatizados. Outra ação complementar é a realização de mutirões em salas e bibliotecas das escolas envolvidas, orientando modos de classificação, catalogação e organização de acervo, envolvendo a comunidade escolar


Avaliações durante todo o processo são realizadas, a partir de um plano de acompanhamento e avaliação elaborado, contendo os objetivos, metas e indicadores qualitativos e quantitativos, resultando em um relatório circunstanciado no final. (Ler mais em http://bit.ly/2BU01jL)


O projeto, especificamente, não. Mas o Tear como instituição que promove ações e programas voltados ao campo da Arte, Educação e Cultura, têm em sua história várias premiações. No campo da leitura, já recebeu o prêmio Pontinho de Leitura SEC/Minc e Vivaleitura, como semifinalista em 2014 e, em 2016 agraciado com a menção honrosa pelo conjunto de trabalhos desenvolvidos no âmbito da promoção, incentivo e difusão de leitura.


O reconhecimento do projeto tem sido expresso em encontros com parceiros de forma coloquial.





04/01/2015


Sim, o Projeto acontece atualmente









Número de pessoas atendidas


530


0


0


0


0


O projeto é composto por um número específico de grupos com 30 participantes em cada turma

Equipe


2


10


10


1


0


10


4



Informe se o projeto conta somente com recursos próprios (100%) e/ou se conta com patrocínios ou outros apoios financeiros. Se possível, informe (entre parênteses) como esses recursos se distribuem percentualmente para custear o projeto


Quais organizações e/ou instituições são parceiras e como apoiam o projeto