PROJETO

Status atual: Premiado

Cadastro: (1809-2712-0540)

Projeto: KIDS INDOORS

Organização responsável: . (./.)

Natureza do projeto: Formação de mediadores ou agentes de leitura, Promoção do acesso ao livro (feiras, blogs, sites etc), Criação / aperfeiçoamento de espaços da leitura/bibliotecas, Formação de leitores em geral e de leitores de literatura, Valorização / campanhas de promoção da leitura
Cadastrado em: 09/18
Atualizado em: 27/09/2018





O Kids Indoors foi o primeiro blog materno de literatura infantojuvenil do Brasil. Começou como espaço virtual para divulgação e mediação dessa arte para tornar-se uma iniciativa multidisciplinar de estímulo à leitura, contribuindo tanto na formação de leitores quanto na formação de mediadores de leitura em inúmeros eventos presenciais, especialmente no DF e RS. Desde 2008, gera transformações e já levou informações relevantes para mais de 2 milhões de pessoas.


As Mediadoras são autoras graduadas em Artes Visuais e arte-educadoras. Compartilham a paixão por literatura infantil com o mundo, e colocam luz sobre obras de qualidade, explorando múltiplas possibilidades dessa literatura. Ao mesmo tempo em que desenvolvem reflexões sobre o que leem e divulgam voluntariamente no blog, promovem piqueniques literários com contações de histórias, assessorias à professores, bibliotecários e workshops.


Iniciamos com o propósito de “construir uma ponte entre o leitor e a literatura, encontrando o livro ideal para cada criança”. Hoje, construímos pontes entre produtores e leitores, incentivando as famílias a vivenciarem a literatura de qualidade por meio de conteúdo, formas de interação e diálogo "com o livro", e também atuamos incansavelmente na formação de novos mediadores.


Valorizamos responsavelmente o trabalho de autores e editores comprometidos com a qualidade literária. Indiretamente, patrocinamos a divulgação do que entendemos como o que de melhor se produziu em termos de literatura infantojuvenil nestes 11 anos. Ampliamos nossa atuação presencial junto às mais diferentes comunidades e seus espaços, promovendo ações de capacitação de mediadores, fomento à leitura e interação dos livros com as famílias.


Reconhecemos que devemos formar leitores desde pequenos, e sabemos que a maioria das famílias não têm boas referências sobre literatura infantil. Se de um lado existem agentes que não conseguem desenvolver novos leitores críticos, seja pelo viés de suas atividades ou mesmo por desconhecimento do significado da arte literária infantojuvenil, "nós nos empenhamos em mostrar que há um mundo de opções inspiradoras, onde pequenas e grandes editoras e seus artistas vocacionados, verdadeiramente, proporcionam incríveis experiências através do livro".


Temos um grupo de estudo online para elaborar as ações e analisar os livros, pois as mediadoras moram em estados diferentes. Escolhemos um assunto pertinente à infância que possa ser abordado através da literatura. Buscamos os livros mais relevantes, levando em consideração a bibliodiversidade, que é muito importante na formação dos leitores, pesquisamos títulos que possam enriquecer o olhar e ampliar o mundo da criança. A partir da definição dos livros tentamos parceria com as editoras. Selecionamos o conteúdo a ser apresentado, colocamos imagens e vídeos nas mídias sociais. Levamos apresentações multimídia e os livros para as palestras, workshops e piqueniques literários para que os participantes possam conhecê-los, manuseá-los e ter suas impressões a respeito dos livros.


Principais inspirações ou referências teóricas e práticas



ANDRUETTO, Maria Teresa. Por uma leitura sem adjetivos. São Paulo: Editora Pulo do Gato, 2012. BAJOUR, Cecilia. Ouvir nas entrelinhas: o valor da escuta nas práticas de leitura. São Paulo: Editora Pulo do Gato, 2012. CANDIDO, Antônio. O Direito à Literatura. In: Vários Escritos. Rio de Janeiro: Ouro Sobre Azul, 2017. COLOMER, Teresa. A formação do leitor literário. São Paulo: Global, 2003. REYES, Yolanda. A casa imaginária. São Paulo: Global, 2010. Os textos da Revista Emília.


Desde 1998 formações e oficinas da Feira do Livro de Porto Alegre. Curso Tessituras – Formação de mediadores para programas de Leitura da UFRGS e CRL. Formação de Agentes de Leitura "Grito do Livro", no DF (https://gritodolivro.blog/). Pós-graduação em Literatura para Crianças e Jovens, no Instituto Vera Cruz, em SP (em andamento).


A professora e publicitária Carla Link de SP, nossa colaboradora, em diferentes momentos nos assessorou tecnicamente, indicando caminhos dentro das mídias e sugeriu temas relevantes que acabamos desenvolvendo a partir de sua visão.


Observamos uma lacuna e fomos as primeiras a tratar deste tema nas redes sociais brasileiras, e sabemos que inspiramos diversas outras iniciativas que também passaram a valorizar a literatura infantojuvenil.


Por se tratar de um trabalho voluntário, é difícil conciliar todas as ações (em mídias e presenciais) com as demais atividades do cotidiano, principalmente a maternidade. Buscar patrocínio para realizar ações presenciais nas regiões mais carentes de leitura no Brasil, onde possamos formar mediadores de leitura e dar assessorias literárias.


No início era só a Gisele, e a medida que a demanda do nosso público aumentou, nosso alcance foi ganhando espaço, novas colaboradoras começaram a participar do projeto, ampliando e somando as diversas visões de mundo. Ainda buscamos patrocínio.


https://www.ibahia.com/3-letrinhas/detalhe/noticia/entrevista-com-criadoras-do-kidsindoors/ http://blogletrinhas.companhiadasletras.com.br/conteudos/visualizar/Para-manter-historias-e-brincadeiras-em-dia http://www.ebc.com.br/kids-indoors http://8inverso.com.br/2013/11/blog-kids-indoors-reune-dicas-de-brincadeiras-com-livros-infantis-da-8inverso/


Ainda não. ;)


O Projeto Kids Indoors é uma ação voluntária das mediadoras Gisele e Catherine, e colaboradoras Márcia, Carla, Silvana e Cecília, e se sustenta no amor. Complementarmente, as mediadoras recebem livros de diversas editoras gratuitamente e se comprometem a divulgá-los se a obra lhes for afetiva e demonstrar elevada qualidade literária.


Como mediadoras e mães, sabemos que o afeto da família na leitura é o que marcará a memória do pequeno leitor. Como autoras de texto e imagem sabemos que a divulgação efetiva é o que garantirá que a história conquiste o adulto para depois chegar à criança.





Sim, o Projeto acontece atualmente


Brasil - Região Centro-Oeste - DF - Brasília
Brasil - Região Sul - RS - Porto Alegre
Brasil - Região Sudeste - SP - São Paulo


estudantes, comunidade em geral, crianças, adolescentes/jovens, educadores (professores, coordenadores, diretores, etc)


0 a 5 anos, 6 a 12 anos, 13 a 17 anos, 18 a 59 anos



Número de pessoas atendidas


0


0


0


0


0


Não sabemos precisar números, mas 60 pessoas em média por piquenique, desde 2010 foram 2.327.534 views só no blog, + 32 mil seguidores nas diversas rede sociais.

Equipe


2


2


3


0


4


3


1



Informe se o projeto conta somente com recursos próprios (100%) e/ou se conta com patrocínios ou outros apoios financeiros. Se possível, informe (entre parênteses) como esses recursos se distribuem percentualmente para custear o projeto

90


0


10


0



Quais organizações e/ou instituições são parceiras e como apoiam o projeto

Não, mas estamos buscando patrocínio para realizar ações presenciais nas regiões mais carentes de leitura no Brasil, onde possamos formar mediadores de leitura e assessorar a montagem de bibliotecas escolares e comunitárias.


Não.


Temos algumas editoras que eventualmente nos enviam livros: Zahar, Companhia das Letrinhas, Brinque-book, Aletria, Olho de Vidro, Livros da Matriz, Boitata Editorial, Paulinas, Intrínseca, V&R Editoras, SESI-SP, Global, Panda Books, Peirópolis, Gato Leitor, Positivo, entre outras.


Não.


Recebemos algumas doações de livros de leitores e editoras.



Telefone: 11 3846-4563

prolivro.org.br

Entidades fundadoras e mantenedoras:

plataforma.prolivro.org.br



entre em contato