PROJETO

Status atual: Inscrito habilitado

Cadastro: (1709-0503-0411)

Projeto: LENDO COM OS OLHOS DA ALMA

Organização responsável: . (./.)

Natureza do projeto: Promoção do acesso ao livro (feiras, blogs, sites etc), Formação de leitores em geral e de leitores de literatura, Valorização / campanhas de promoção da leitura
Cadastrado em: 09/17
Atualizado em: 05/09/2017





Há cinco anos estamos desenvolvendo um trabalho junto aos deficientes visuais, que visa desenvolver atividades culturais acessíveis, promovendo a inclusão dos mesmos no âmbito cultural. Temos a Hora da Leitura que ocorre todas às quinta-feiras e onde já conseguimos ler e discutir livros dos mais variados estilos , desde livros como Meu pé de laranja lima até livros como Vidas secas. A partir dessa atividade, acabamos inserindo outras ações culturais ao projeto.


A partir da leitura, começamos a inserir outras atividades ao projeto, entre elas sessões de cinema em audiodescrição e participação em em apresentações teatrais e musicais que forem acessíveis. Passamos também a coletar depoimentos e lembranças dos integrantes para confecção de livro de memórias. A partir de 2019, o projeto atende também moradores de Casas Terapêuticas, antigos internos em sanatórios que hoje participam de atividades de inclusão social.


Promover a inclusão cultural de deficientes em atividades acessíveis, para que eles possam exercer a sua cidadania plena e participação na sociedade.


Incentivar e estimular a leitura e compreensão de textos, dando acesso ao livro para pessoas cegas ou com baixa visão, através das rodas de leitura e discussão dos livros. Inserir moradores de Casas Terapêuticas em um ambiente acolhedor e cultural, promovendo a dignidade e a melhora da auto-estima através da arte. Estimular a convivência entre os grupos, aumentando a sociabilidade e agregando experiências culturais e artísticas.


Diante da necessidade de criar atividades que envolvessem grupo de deficientes visuais atendidos pelo Fundo Social de Solidadriedade e, tendo material que se encontrava ocioso na biblioteca, surgiu a ideia de promover a leitura, com o uso de audiolivros. A partir daí foram sendo criadas novas atividades e surgiu a Roda de Leitura "Lendo com os Olhos da Alma". Com a divulgação do projeto, outros grupos passaram a integrar as atividades propostas pelo projeto, dentro eles idosos e moradores de Casas Terapêuticas, acompanhados de terapeutas.


O projeto começou de forma intuitiva em 2014, com apresentação de audiolivros para os deficientes visuais. A partir da necessidade de inserir a leitura nas atividades, passamos a selecionar obras literárias que atingissem o entendimento da maioria dos participantes e promovessem a inclusão artística e cultural. Com o desenvolvimento do trabalho e a aquisição de conhecimentos em biblioterapia, o projeto passou a seguir as diretrizes dessa área de pesquisa e buscar nas obras apresentadas, discussões pertinentes às necessidades individuais e coletivas.


Principais inspirações ou referências teóricas e práticas



A partir de disciplinas do curso de Bacharelado em Biblioteconomia, o trabalho passou a seguir referencial teórico e bibliográficas relacionadas com as diretrizes da Biblioterapia, de acordo com autores como: Maria Cristina Palhares Valencia, Michelle Cristina Magalhães, Rachel Barbosa de Castro e Edna Gomes Pinheiro.


Bacharelado em Biblioteconomia (Centro Universitário Claretiano) Gestão da Inovação em Bibliotecas (Projeto Informação Audiovisual) Narração Oral e Performance (POIESIS)


Não.


Não.


Recursos financeiros.


A Prefeitura promove o transporte, fornece lanches e apoia as atividades.


O Projeto foi um dos finalistas da 2ª edição do Prêmio IPL - Retratos da Leitura (2017), sendo divulgado nas mídias sociais e jornal impresso. A repercussão ajudou no fortalecimento do projeto junto ao órgãos municipais e reconhecimento da sociedade.


O projeto foi selecionado para o 9º Seminário Internacional de bibliotecas públicas e comunitárias, na qualidade de pôster digital, em 9 de novembro de 2016.


Com apoio da Prefeitura e reconhecimento por parte de pequenas empresas, o projeto consegue manter a sua autonomia e características, de modo que seja possível garantir a continuidade das atividades realizadas semanalmente.


Além de receber os deficientes visuais do grupo Olhos da Alma e dos moradores das Casas Terapêuticas, o projeto recebe em ocasiões especiais a participação do Centro Dia do Idoso, que atende idosos assistidos pela Promoção Social de Espírito Santo do Pinhal. O projeto participa e promove eventos especiais, como Carnaval, Festa Junina, Pic-nic de Cordel, entre outros.





08/01/2014


Sim, o Projeto acontece atualmente


Brasil - Região Sudeste - SP - Espírito Santo do Pinhal


comunidade em geral, população institucionalizada - orfanatos, hospitais, asilos etc., outras


18 a 59 anos, mais de 60 anos


feminino, masculino, transgênero

Número de pessoas atendidas


100


70


35


15


20


O grupo é formado por deficientes visuais atendidos pelo Fundo Social de Solidariedade em parceria com outros departamentos da Prefeitura e por moradores de Casas Terapêuticas (antigos internos de sanatórios).

Equipe


1


0


0


0


3


4


5



Informe se o projeto conta somente com recursos próprios (100%) e/ou se conta com patrocínios ou outros apoios financeiros. Se possível, informe (entre parênteses) como esses recursos se distribuem percentualmente para custear o projeto

80


0


10


10



Quais organizações e/ou instituições são parceiras e como apoiam o projeto

Prefeitura Municipal de Espírito Santo do Pinhal, fornecendo transporte, alimentação, entre outros.


Pequenas empresas que recebem o grupo e promovem atividades em seus espaços.


Pequenas empresas que contribuem para a realização de eventos internos.


Recursos referentes a administração das Casas Terapêuticas.


Doações de pessoas da sociedade.



Telefone: 11 3846-4563

prolivro.org.br

Entidades fundadoras e mantenedoras:

plataforma.prolivro.org.br



entre em contato