para encerrar as inscrições do Prêmio IPL- Retratos da Leitura 2019

PROJETO

Status atual: Publicado

Cadastro: (1709-0406-0305)

Projeto: FREGUESIA DO LIVRO

Organização responsável: FREGUESIA DO LIVRO

Natureza do projeto: Promoção do acesso ao livro (feiras, blogs, sites etc), Criação / aperfeiçoamento de espaços da leitura/bibliotecas, Formação de leitores em geral e de leitores de literatura
Cadastrado em: 09/17
Atualizado em: 04/09/2017





A Freguesia do Livro é uma organização que promove leitura, levando livros de encontro aos leitores, incentivando a leitura para todos em todos os lugares. Recebemos doações de livros e com eles criamos Pontos de Leitura – caixas de livros livres para clientes, alunos, funcionários de cada local. Também colaboramos na criação e manutenção de bibliotecas comunitárias e realizamos práticas para formação de leitores.


Nossos Pontos de Leitura facilitam o acesso a livros para todas as camadas sociais. Estamos em empresas, lojas, frutarias, cafés, salões de beleza, escolas, presídios, restaurantes, Grande variedade de locais. Cada Ponto de Leitura recebe livros selecionados de acordo com o perfil de seu público.


Geral: incentivar a leitura e formar leitores Específicos: fazer livros circularem livremente - facilitar o acesso a livros para quem tem dificuldades para obtê-los - criar o conceito de compartilhamento de livros e que todos podemos incentivar novos leitores.


Em um Brasil que apresenta os dados trazidos pelo último Retratos de Leitura, fazer do livro algo interessante, desejado e acessível. Formar leitores para a grande quantidade de livros que as editoras colocam no mercado. Através dessa leitura, educar cidadãos mais conscientes.


Principais inspirações ou referências teóricas e práticas



Conscientizar os doadores sobre a qualidade dos livros doados. Poucos voluntários. Impossibilidade de remunerar as poucas coordenadoras voluntárias. Fonte de recursos segura. Necessidade de um espaço físico próprio para organizar livros e promover encontros de práticas de leitura formadoras.


As doações são mais conscientes. Criamos uma rede que absorve o que pode ser reciclado. As outras dificuldades, pessoal em número restrito, e necessidade de fonte de recurso segura, persistem.


Quantificar os resultados da Freguesia do Livro é tarefa difícil, considerando nossa abordagem totalmente livre no que se refere à recepção e compartilhamento dos livros. Uma visão geral, contando pontos de leitura que atualmente somam mais de 200, as reposições de livros sempre que necessárias, a participação em ações sociais de outras ONGs e as grandes distribuições de livros que promovemos em universidades, calculamos que mais de 40.000 livros já passaram por nós e chegaram a inúmeros leitore


Premio Viva Leitura - Brasília – 2014


A Freguesia do Livro tem excelente conceito junto à comunidade paranaense. Essa aceitação se traduz pelo número de pessoas que doam livros. Reportagem Paraná TV – Globo – julho/2014 http://g1.globo.com/pr/parana/paranatv- 2edicao/videos/t/curitiba/v/conheca-a- ideia-que- tres-amigas- tiveram-para- estimular-a- leitura/3524338/ Reportagem Curitibanos Nota 10 – Veja Curitiba – março/2015 http://vejabrasil.abril.com.br/curitiba/materia/curitibanos-nota- dez-angela- duarte-jo- bibas-maria- luiza-may





03/01/2012


Sim, o Projeto acontece atualmente


Brasil - Região Sul - PR -
Brasil - Região Sul - SC -







Número de pessoas atendidas


25000


0


0


0


0


O trabalho de distribuição e circulação livre de livros doados dificulta a quantificação.

Equipe


3


0


0


0


6


3


0



Informe se o projeto conta somente com recursos próprios (100%) e/ou se conta com patrocínios ou outros apoios financeiros. Se possível, informe (entre parênteses) como esses recursos se distribuem percentualmente para custear o projeto


Quais organizações e/ou instituições são parceiras e como apoiam o projeto