para encerrar as inscrições do Prêmio IPL- Retratos da Leitura 2019

PROJETO

Status atual: Publicado

Cadastro: (1709-0408-0273)

Projeto: MARÉ DE HISTÓRIAS BRINCANTES - BIBLIOTECA POPULAR ESCRITOR LIMA BARRETO

Organização responsável: Associação Redes de Desenvolvimento da Maré

Natureza do projeto: Promoção do acesso ao livro (feiras, blogs, sites etc), Criação / aperfeiçoamento de espaços da leitura/bibliotecas, Formação de leitores em geral e de leitores de literatura
Cadastrado em: 09/17
Atualizado em: 04/09/2017





O projeto desenvolveu ações de incentivo à leitura no ambiente da biblioteca formuladas para um público distanciado do hábito de ler, através de atividades de contação de histórias realizadas a cada 15 dias e atividades artísticas a cada dois meses. As atividades visavam incrementar o atendimento direto ao público infantil e incluir o núcleo familiar nas ações de incentivo ao hábito de ler.


O projeto Maré de Histórias Brincantes teve como diferencial a articulação com escolas da região que permitiu atividades no espaço público da Praça Nova Holanda, envolvendo o público passante.


O projeto potencializou o trabalho cotidiano realizado pela Redes da Maré na Biblioteca Popular Escritor Lima Barreto garantindo: programação diferenciada e de qualidade, a partir da presença de contadores de histórias, garantindo o acesso ao livro e àleitura, colaborando para o exercício da democracia e cidadania em sua forma plena. Promoveu eventos e atividades culturais para o público em geral, e mais especificamente para o público infanto-juvenil.


A Maré é um território simbólico tanto pela sua localização geográfica quanto pelo seu tamanho, com uma população de cerca de 140.000 moradores, dos quais cerca de 45% tem menos de 30 anos. O IDH da Maré está abaixo da média da cidade e apesar da presença de 16 escolas municipais e investimentos públicos na Educação Fundamental, o IDEB é inferior à média da cidade. A criação e manutenção diária da Biblioteca, disponível para a comunidade é uma forma de garantir o direito à cultura e educação.


Principais inspirações ou referências teóricas e práticas



Continuidade e manutenção das atividades cotidianas da Biblioteca com parco apoio financeiro de forma regular.


O escasso recurso regular que a Biblioteca recebe, permite que a equipe seja mantida e busque trabalhar de forma unida e cooperada em torno de uma proposta comum, acreditando na importância do espaço e de suas realizações. Acreditamos também na importância da qualificação do pessoal, com a realização de oficinas de formação e complementação. Recentemente realizamos uma Oficina de leitura com uma professora voluntário, renovando as expectativas do conhecer entre todos os trabalhadores do espaço.


A Redes da Maré possui um setor de Monitoramento e Avaliação, que cuida do acompanhamento dos projetos realizados. Além disso, a Biblioteca possui livro de registro de usuários que permite que todos assinem presença. Dos 150 alunos do pré vestibular comunitário, por exemplo, muitos deles usuários constantes do espaço, 64 foram aprovados em Universidades em 2016,


A Biblioteca Popular Escritor Lima Barreto foi reconhecida em 2011 como Biblioteca Comunitária do Estado e em 2013 o projeto “Pelo Prazer de Ler” ganhou o edital de Premiação da Biblioteca Nacional.


http://redesdamare.org.br/blog/mare-de-noticias/mare-de-noticias-70/





02/01/2016


08/01/2016


Não


Brasil - Região Sudeste - RJ -







Número de pessoas atendidas


15000


0


0


0


0


público espontâneo e de escolas públicas da região

Equipe


1


0


2


0


0


2


1



Informe se o projeto conta somente com recursos próprios (100%) e/ou se conta com patrocínios ou outros apoios financeiros. Se possível, informe (entre parênteses) como esses recursos se distribuem percentualmente para custear o projeto


Quais organizações e/ou instituições são parceiras e como apoiam o projeto