para encerrar as inscrições do Prêmio IPL- Retratos da Leitura 2019

PROJETO

Status atual: Publicado

Cadastro: (1709-1510-0122)

Projeto: PEQUENOS LEITORES

Organização responsável: Comunidade Educativa CEDAC

Categoria da organização: ONGs (organização não governamental)
Natureza do projeto: Formação de mediadores ou agentes de leitura, Promoção do acesso ao livro (feiras, blogs, sites etc), Criação / aperfeiçoamento de espaços da leitura/bibliotecas
Cadastrado em: 09/17
Atualizado em: 15/09/2017





Projeto de formação de profissionais da Educação Infantil para garantia do direito ao acesso das crianças à cultura escrita, por meio da leitura literária. Desenvolvido desde 2013, atua de forma sistêmica, com todos (equipe técnica da secretaria, diretores, coordenadores pedagógicos e professores) os envolvidos nesta etapa da escolaridade, tratando dos conteúdos específicos de cada um e na reflexão sobre as atuações em parceria para a institucionalização da leitura literária nas escolas e rede.


- metodologia desenvolvida para ampliar a experiência literária dos participantes - sequência de estratégias formativas possibilita que participem de leituras para uma experiência estética literária; análise de livros-álbum que solicitam uma postura leitora diferenciada; oficina de apreciação de livros; discussão sobre seleção e critérios de qualidade literária; planejamento de mediação de leitura - revisão e produção de documentos oficiais para institucionalização da leitura na escola e rede


- garantir que as crianças, desde muito pequenas, tenham acesso à cultura escrita por meio da leitura literária - ampliar a compreensão das escolas de redes municipais sobre sua importante função na formação de leitores e qualificar as condições de ensino e de aprendizagem da leitura literária para as crianças de 3 a 5 anos - aprimorar as práticas pedagógicas relacionadas à mediação de leitura literária, para a formação de uma comunidade de leitores na escola


Ainda é comum que a educação infantil seja considerada uma fase preparatória para a continuidade da escolaridade. Muitas atividades que deveriam ser significativas por si, acabam sendo realizadas como justificativas para um desempenho escolar posterior. A leitura também é vista muitas vezes, como uma atividade meramente escolar, como atividade mecânica de decifração e não como uma possibilidade de inserção das crianças na cultura escrita e no universo literário a que têm direito.


Principais inspirações ou referências teóricas e práticas



A principal dificuldade que encontramos se relaciona à mudança de gestão da rede, seja pela troca de prefeito e toda equipe de primeiro escalão responsável pela educação, quanto por mudanças de secretári(o/a) de educação, com mudanças nas propostas e concepções de atuação.


Quando enfrentamos tais dificuldades, realizamos reuniões de repactuação com os dirigentes, nos aproximamos para retomar a proposta e a parceria, apresentando os resultados já alcançados e o que ainda se almeja, e estabelecemos uma nova parceira ouvindo as expectativas do novo grupo.


Temos uma matriz de avaliação para gestão do projeto. Durante o período em que recebemos apoio do FIES, tivemos acompanhamento do projeto pela equipe do Itaú Social e atualmente temos assessoria da MOVE Social para aprimoramento dos meios de avaliação do projeto. Consideramos que a aprovação na inscrição em congressos seja também uma forma de avaliação do projeto. Fomos selecionados no: IBBY 2016 - Nova Zelândia; Seminário UFSC 2016 - Florianópolis; Conferência Europeia 2017 - Madri.


Entre os finalistas do Prêmio IPL 2016


não consta





01/01/2013


Sim, o Projeto acontece atualmente


Brasil - Região Sudeste - SP -







Número de pessoas atendidas


11750


0


0


0


0


416 são participantes diretos e 11.334 são participantes indiretos

Equipe


3


0


0


0


0


0


2



Informe se o projeto conta somente com recursos próprios (100%) e/ou se conta com patrocínios ou outros apoios financeiros. Se possível, informe (entre parênteses) como esses recursos se distribuem percentualmente para custear o projeto


Quais organizações e/ou instituições são parceiras e como apoiam o projeto