PROJETO

Status atual: Premiado

Cadastro: (1909-2505-1109)

Projeto: Biblioteca Comunitária Casa Azul

Organização responsável: . (./.)

Natureza do projeto: Formação de mediadores ou agentes de leitura, Promoção do acesso ao livro (feiras, blogs, sites etc), Criação / aperfeiçoamento de espaços da leitura/bibliotecas, Formação de leitores em geral e de leitores de literatura, Valorização / campanhas de promoção da leitura
Cadastrado em: 09/19
Atualizado em: 25/09/2019





Eixo fundamental e braço permanente do programa Educativo Flip (Festa Literária Internacional de Paraty), a Biblioteca Comunitária Casa Azul está em funcionamento desde 2005 na Ilha das Cobras-Paraty e hoje desenvolve diariamente atividades educativas, artísticas e literárias, com ações como saraus, encontros de mediação de leitura, acompanhamento pedagógico, visitas escolares, e oficinas de formação relacionadas ao universo do livro, da leitura e também da arte.


A Biblioteca Comunitária Casa Azul, vem promovendo ações de mediação de leitura ou de qualificação de acervos literários em uma rede de bibliotecas que conta com cerca de 28.000 doações de livros. Eixo fundamental do Educativo Flip, a Biblioteca Comunitária Casa Azul está em funcionamento desde 2005 e hoje abrange mais de 17 mil livros catalogados, com especial atenção à literatura infantil e juvenil, e também aos autores que já participaram da Festa Literária.


A relação entre cultura e cidade, a partir da leitura do território, urbano e rural, e de seus habitantes norteiam nossas atividades, considerando questões de identidade e diversidade cultural, patrimônio material e imaterial, distinção de culturas, ocupações dos espaços públicos, formas de mobilidade e acesso, e percursos etnográficos.


A promoção permanente de oficinas, cursos e encontros voltados à socialização de conhecimentos e a apropriação do patrimônio cultural material e imaterial da cidade e de todo o município; A criação e manutenção de espaços de leitura; O trabalho em rede; Consolidar o espaço físico como centro de formação multimídia e de alfabetização digital e midiática com contação de histórias e mediações e ponto de encontro da Agência FlipZona.


É um espaço de interações multimídia, multigeracional, mantendo, como estrutura viva e dinâmica, a função pública de um espaço de encontro. É através do convívio que promove o acolhimento e irradiação de novos valores de cidadania cultural. Para tanto, a finalidade é a formação de leitores críticos e reflexivos, aptos a pensar e intervir em seu ambiente, ao mesmo tempo em que fortalece a compreensão e aprimoramento da escrita na sua função social. As atividades propostas tem a cidade como eixo transversal de suas ações.


1/ Mar de Leitores:conta atualmente com cinco bibliotecas comunitárias distribuídas pelo extenso território do município em regiões que apresentam sérias dificuldades de acesso garante à população local o contato com livros e a participação em atividades artísticas e literárias; 2/ Módulos Biblioteca:kits de doações contendo 150 unidades de títulos variados do acervo da Biblioteca Comunitária Casa Azul, para a rede de bibliotecas comunitárias de Paraty; 3/ Doação de acervo:três unidades de cada título são destinadas à Biblioteca Casa Azul, repassadas para as bibliotecas de escolas municipais, estaduais, indígenas, privadas e outras associações voltadas para educação e espaços de leitura, de acordo com demanda de cada organização; e por fim, a montagem dos "Módulos Biblioteca"; 4/ Atividades anuais e recorrentes na Biblioteca Comunitária Casa Azul:recebe visitas de escolas, realiza empréstimos de livros (com suporte especial para crianças. Até o momento, cerca de 80 instituições locais já receberam acervo de livros, totalizando aproximadamente 28.000 doações. 5/ Na Flip: durante a 17ª Flip, a Biblioteca Comunitária Casa Azul, foi palco para 56 eventos com 57 convidados.


Principais inspirações ou referências teóricas e práticas



[O] termo biblioteca comunitária pode ser definido como: um projeto social que tem por objetivo, estabelecer-se como uma entidade autônoma, sem vínculo direto com instituições governamentais, articuladas com as instâncias públicas e privadas locais, lideradas por um grupo organizado de pessoas, com o objetivo comum de ampliar o acesso da comunidade à informação, à leitura e ao livro, com vistas a sua emancipação social. (Elisa Machado)


Em 2019, está participando de um procedimento piloto de aplicação acompanhada em projetos de leitura, incluindo eventos/festivais, dos indicadores de qualidade desenvolvidos pela Rede LEQT - Leitura e Escrita de Qualidade para Todos (LEQT). Em 2016 Instituto C&A realizou uma avaliação de impacto das ações do Educativo Flip.


Participa da Mar de Leitores interagindo com a rede nacional, buscando de forma criativa manter todos os trabalhos atuantes. Recebeu nos anos de 2016 a 2018 uma assessoria técnica do programa Prazer em Ler. Participou em 2017 de uma capacitação, em um encontro nacional de bibliotecas comunitárias em Pernambuco, financiado pelo Instituto C&A.


Teve início de maneira espontânea, atendendo solicitações de moradores de Paraty que queriam ter acesso aos livros dos autores convidados para o evento. Inaugurada em 2005 com foco na valorização da identidade local, oferece uma programação permanente com atividades de mediação de leitura e apoio pedagógico dirigidas a rede pública de ensino.


Em função da dificuldade de uma captação de recursos exclusiva para o Educativo Flip e, mais especificamente para Biblioteca Comunitária Casa Azul, existe uma dependência financeira da Flip como um todo. Desta maneira, a continuidade do Educativo fica permanente ameaçada. Espaço restrito para abarcar todas as atividades oferecidas durante o ano.


Com relação à captação de recursos, o Educativo Flip tem sido inscrito com maior frequência em editais de empresas com foco em educação.Através da participação da Rede Mar de Leitores conseguimos recursos para compra de material de papelaria, lanche, recurso humano. Entretanto, como o valor é baixo, não é possível suprir todas as necessidades.


Através da LEQT (Leitura e Escrita de Qualidade para Todos ) a Associação Casa Azul contribui atualmente para a formulação de novos indicadores de leitura que permitam a avaliação e monitoramento de eventos literários, incluindo festivais como a Flip.


prêmio do MinC Prêmio Todos Por Um Brasil de Leitores com o projeto “Biblioteca Casa Azul Itinerante” levando leitura para espaços não convencionais como: Asilo São Vicente de Paula de Paraty, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Paraty, Hospital Municipal São Pedro de Alcântara de Paraty e Centro Integrado de Saúde (CIS).


Com parcerias com empresas investidoras através de verba direta, leis de incentivo (estadual ICMS-RJ e federal Rouanet) para captação de recursos, uma vez que consta também no plano anual da Flip. As doações de livros acontecem através de parcerias com editoras de todo de todo Brasil e com parceiros e pessoa jurídicas e físicas interessadas.


Um espaço cultural e de convivência que garante o acesso à literatura, à arte e à cultura. Com programação permanente de mediação de leitura, oficinas de artes visuais, novas tecnologias, literatura, produção de textos, palestras e encontros, tudo isso contando com um acervo em torno de 17.000 livros, tornou-se referência de biblioteca comunitária em Paraty.





01/01/2003


Sim, o Projeto acontece atualmente


Brasil - Região Sudeste - RJ - Parati


estudantes, comunidade em geral, crianças, adolescentes/jovens, educadores (professores, coordenadores, diretores, etc)


0 a 5 anos, 6 a 12 anos, 13 a 17 anos, 18 a 59 anos, mais de 60 anos


feminino, masculino, transgênero

Número de pessoas atendidas


16268


5332


14400


7912


13089


Desde o início do projeto (total) * Visitantes nos últimos 3 anos (2017 a 2019): 16.268 Número de visitantes: média de 1.200 visitantes/mês. Número de empréstimos: média mensal de 300 empréstimos. Área do espaço físico (quando houver): 200m². Acervo catalogado 16.205 exemplares até fevereiro de 2018. Tempo de funcionamento: 13 anos. Facebook da Biblioteca Casa Azul: https://www.facebook.com/bibliotecacasaazul/ 5.052 pessoas curtiram isso 5.096 pessoas estão seguindo isso 225 check-ins Em 2019 * Visitantes entre Janeiro e Setembro 5.332 Pessoas atendidas por ação/evento durante a Flip (10 a 14 de julho): Biblioteca Comunitária Casa Azul: 1.721 acessos Barco Educativo: 640 acessos Central Flipinha:4.954 acessos Pés de Livros: 5.557 acessos Período pré-flip Oficinas de Experimentações Gráficas e Encadernação: 45 participantes (22 + 23) Residência Slam: total de 91 participantes 17 + 16 + 15 + 13+ 6 + 7 + 10 + 7 Central FlipZona: 42 participantes Oficina de Leitura Crítica de Notícias da BBC News Brasil: 39 participantes 17 + 22 Em 2018 * Biblioteca Comunitária Casa Azul: média de 1.200 acessos de visitantes por mês, totalizando média mensal de 300 empréstimos mensais Em 2017 * Biblioteca Comunitária Casa Azul: 7.912 acessos

Equipe


1


0


0


1


0


1


1



Informe se o projeto conta somente com recursos próprios (100%) e/ou se conta com patrocínios ou outros apoios financeiros. Se possível, informe (entre parênteses) como esses recursos se distribuem percentualmente para custear o projeto

9


66


19


4



Quais organizações e/ou instituições são parceiras e como apoiam o projeto

Editais em que a Biblioteca já foi contemplada: Ponto de Cultura, Brinquedoteca, Ponto de Leitura e Biblioteca Comunitária. Participação em Leis de Incentivo. A Biblioteca Comunitária Casa Azul integra o plano anual de atividades da Associação Casa Azul, aprovado na Lei Rouanet.


A RNBC apoia a Casa Azul na medida em que a Biblioteca Comunitária Casa Azul concede horas de um profissional sênior e um júnior para apoiar nas ações da rede em troca de recursos financeiros para viabilização de ações perenes.


Rede Mar de Leitores - fomento a esta rede e à formação de acervos por todo o município. Desdobras Raras - Oficina de encadernação e experimentações gráficas. Instituto Asas - eixo Central FlpiZona, Jovem Repórter. Programa Pontes - oficina de Slam. BBC News Brasil - oficina de leitura crítica.


ABER, British Council (Projeto Quebradas), Editora Caixote, RNBC, Rede Mar de Leitores, Livraria das Marés


Editora Chão, Editora Cobogó, Editora 34, Editora Planeta, Grupo Companhia das Letrinhas, Harper Collins Brasil, Editora Intrínseca, Editora Todavia, Editora do Brasil, Estrela Cultural, Nova Fronteira, Panda Books.



Telefone: 11 3846-4563

prolivro.org.br

Entidades fundadoras e mantenedoras:

plataforma.prolivro.org.br



entre em contato